12 de dez de 2014

Ossos são retirados de túmulo e usados para formar palavra "Satan"

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Um túmulo foi arrombado na madrugada desta quinta-feira (11), em um cemitério do município de Teixeira de Freitas, na região sul da Bahia, e a suspeita é de que a pessoa responsável pelo ato tenha utilizado as ossadas em um ritual de magia negra. De acordo com informações da delegacia da cidade, o caso aconteceu durante a madrugada, no cemitério Jardim da Saudade, localizado no bairro Nova Teixeira.

"Recebemos a denúncia pela manhã, informando que o túmulo havia sido violado, de ontem para hoje, no cemitério que fica aqui próximo à delegacia, e de que os ossos estavam pelo lado de fora", afirmou o delegado Cléber Gonçalves, em entrevista. A polícia ainda não tem informações sobre os responsáveis pelo ato.

Conforme o delegado, a suspeita de que os ossos tenham sido utilizados em um ritual veio à tona pela forma como foram colocados à beira do túmulo. "Os ossos foram colocados no chão em uma disposição que formava a palavra 'satan'. Mas a gente ainda está apurando se foi uma brincadeira ou se realmente se tratou de um ritual", conta.

A pedido da polícia, o DPT realizou uma perícia no local pela manhã. "O laudo técnico vai poder indicar a quem a ossada pertence e se alguma coisa foi roubada do túmulo", afirmou o delegado.

O titular da 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin/Teixeira de Freitas), delegado Marcus Almeida, afirmou que um inquérito policial será aberto para investigar o caso. "Precisamos saber qual o contexto dessa violação, que constitui crime de vilipêndio a cadáver", afirmou. Caso sejam identificados, os responsáveis podem ser condenados a detenção de um a três anos e multa.

Ossada foi utilizada para formar a palavra 'satan'

Nenhum comentário:

Postar um comentário