20 de dez de 2011

Ligação BA-409 à BR-116, em Serrinha, será recuperada

Redação Portal Clériston Silva PCS

O governador Jaques Wagner assina nesta sexta-feira, 23, autorização para início das obras de recuperação do trecho de 9,30 quilômetros, ligando a BA-409 à BR-116, no município de Serrinha, na região nordeste do Estado.

A via, que se encontra em estado precário de tráfego, receberá pavimento asfáltico em CBUQ, de boa qualidade, ao custo de R$ 1.974.062,44, beneficiando cerca de 180 mil habitantes de Serrinha e demais municípios vizinhos, a exemplo de Conceição de Coité, Valente, Santa Luz, Biritinga e São Domingos.

As obras, a cargo do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia, Derba, serão executadas pela empresa ABRAE – Empresa Brasileira de Engenharia S/A. Pelo local é escoada a produção regional baseada na pecuária, sisal e grãos.

História - Serrinha teve como seus primeiros habitantes os índios da nação Cariri. Entretanto, foi com a chegada do português Bernardo da Silva, comandante de uma expedição da colonização portuguesa, em 1715, que a organização urbana da cidade se deu. Assim, foi iniciada a construção de uma capela sob a invocação da Senhora Santana. A capela era filiada a freguesia de São João de Água Fria. A esse tempo o povoado já possuía 16 casas cobertas de telhas e servia de pousada aos visitantes e comerciantes e lojas de tropeiros que se destinavam ao Rio São Francisco.

Em 1º de junho de 1838, a lei nº 67 criou o Distrito de Paz de Serrinha, e levou a capela à categoria, com paróquia própria, pelo Arcebispo D. Romualdo Antônio Seixas. Em 24 de outubro de 1763 foi nomeado capelão o Pe. Antônio Manuel de Oliveira.

A Igreja Matriz de Serrinha foi concluída em 1780 e possui uma inscrição de mármore no frontefício com os seguintes dizeres: "Louvado seja o Santíssimo Sacramento e a imaculada conceição da Virgem Nossa Senhora concebida sem pecado original". Presume-se que o ano de 1646 tenha sido o início da catequese dos índios Biritingas que dominavam a região.

Pela Lei Provincial nº 1.069 de 13 de junho de 1876, foi o Arraial de Serrinha elevado á categoria de Vila e criado o Município de Serrinha, com território desmembrado do município de Purificação dos Campos, sendo inaugurado a 11 de janeiro de 1877. A Vila de Serrinha recebeu foros de "cidade" pelo Ato estadual de 30 de junho de 1891, assinado pelo Barão de Lucena, fato que constou da data de 4 de junho de 1891 do Conselho Municipal de Serrinha. A instalação solene da cidade ocorreu em 30 de agosto de 1891 segundo consta da Ata do Conselho municipal de Serrinha do referido dia.

Mais de um século decorrido o município de Serrinha vai avançando no seu crescimento e desenvolvimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário