5 de ago de 2018

Em convenção, PT confirma Rui Costa como candidato à reeleição na Bahia

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Rui Costa foi confirmado pelo PT, em convenção do partido realizada neste sábado (4), em Salvador, como candidato à reeleição ao governo da Bahia nas eleições 2018. Ele foi aclamado por correligionários no encontro estadual da legenda, que ocorreu no Parque de Exposições.

Rui assumiu o governo do estado em 2015 e busca ficar no posto por mais quatro anos, até 2022. O candidato à vice-governador na chapa permanece sendo João Leão.

Em entrevista durante a convenção, Rui Costa disse que, se reeleito, pretende continuar realizando obras por todo o estado e continuar investindo em áreas que considera “essenciais”.

“Vamos realizar mais trabalho, com mais dedicação, esperando que o Brasil volte a crescer para a Bahia acelerar ainda mais em todas as áreas do governo. Vamos seguir levando saúde para o nosso povo, para o interior da Bahia, cuidando da nossa gente, descentralizando a saúde pública, e seguir também apostando na educação como instrumento de transformação da vida humana. Vamos fazer e registrar um programa de governo audacioso e ousado para a área de educação”.

Rui também se mostrou preocupado com o desemprego e disse que espera uma mudança no cenário econômico nacional para que a situação possa se reverter.

"Tudo depende da situação nacional. A grande ansiedade das pessoas hoje é poder trabalhar para sustentar honestamente a sua família. Vivemos um momento difícil, mas estamos confiantes que esse cenário mude logo. Esperamos que a economia volte a crescer para que os estados possam melhorar a infraestrutura para fazer mais investimentos e gerar emprego", destacou.

Propostas

Entre as propostas que apresentou durante a convenção, o candidato do PT manifestou intenção de:

* Continuar investindo em ações para melhoria da saúde pública;

* Continuar investindo em ações para melhoria da educação;

* Construir 600 quadras esportivas cobertas em escolas estaduais;

* Implementar ações nas escolas para que estudantes possam ficar em tempo integral nas instituições de ensino;

* Melhorar os investimentos em infraestrutura em todo o estado, como forma de gerar emprego.

Nenhum comentário:

Postar um comentário