7 de mai de 2018

Serrinha: Homem morre em troca de tiros com a PM após ameaçar dono de bar e cliente

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Um homem de 25 anos morreu na tarde deste domingo (6) em uma troca de tiros com a Polícia Militar (PM) no povoado Guanabara, em Serrinha. Segundo a Assessoria de Comunicação Social da Polícia Militar, uma guarnição do 16º Batalhão foi informada, via CICOM – Centro Integrado de Comunicação, que o um homem havia ameaçado o proprietário de um bar e um cliente e teria saído do local em uma moto afirmando que voltaria armado.

As vítimas acionaram a polícia, informaram as características do rapaz e os dados da moto. Uma equipe foi até o local da ocorrência e se deparou com um indivíduo pilotando uma moto em alta velocidade, com as mesmas características informadas na denúncia. Com isso, a guarnição iniciou um acompanhamento tático com sinais visuais e sonoros.

Ao perceber que seria parado, o suspeito desceu do veículo e começou a atirar contra os policiais, que revidaram. Na troca de tiros, Marlon da Silva Almeida Filho, vulgo "Inho", residente na mesma localidade, foi baleado. O suspeito foi socorrido pelos policiais e levado ao Hospital Municipal, mas não resistiu.

Um dos tiros atingiu a porta dianteira, do lado do motorista, mas nenhum policial militar ficou ferido. Com o suspeito a polícia apreendeu um revólver calibre 38 com cinco munições – sendo três deflagradas e duas intactas. O corpo do suspeito foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT). O caso foi registrado como morte decorrente de oposição a intervenção policial.
 
Suspeito era velho conhecido no meio policial - Um levantamento realizado pelo Portal Cleriston Silva – PCS, constatou que o suspeito tinha várias passagens pela polícia por tráfico de drogas. Em julho de 2011, ele foi preso por militares da 2ª CIPM de Tucano transportando quase 3kg de maconha em um ônibus da empresa Regional. O flagrante ocorreu na BR-116, no município de Araci, após denúncia [veja matéria].

Três anos depois, o suspeito foi preso em uma operação da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) com 400 gramas de maconha. A prisão ocorreu em julho de 2014 [veja matéria].

Arma usada pelo suspeito para atirar contra os policiais foi apreendida
Suspeito tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas

Nenhum comentário:

Postar um comentário