11 de fev de 2017

Polícia baiana ultrapassa marca de 1,4 mil prisões em 30 dias

Redação Portal Cleriston Silva PCS

As polícias Militar e Civil da Bahia prenderam, no mês de janeiro, 1.463 pessoas que praticaram crimes na Bahia. As capturas ocorreram durante blitze, abordagens e operações policiais.

Ações de inteligência, com o suporte de aproximadamente 1.000 câmeras instaladas em Salvador, Região Metropolitana e interior, e a colaboração da sociedade via Disque Denúncia (3235-0000), contribuíram diretamente com o número alcançado, segundo a assessoria da Secretaria da Segurança Pública (SSP). O número de prisões, no mesmo período do ano passado, não foi divulgado.

Fora de circulação
Os principais criminosos tirados de circulação nesse período foram José Roque Paixão de Jesus (10 de ouros), 32 anos, Israel Silva Santos (Ás de Ouro), 20, e Ramiro Nascimento Lopes (Oito de Copas), 24, que faziam parte do Baralho do Crime da SSP, ferramenta lúdica na qual estão reunidos os bandidos mais perigosos do estado.

Ainda em janeiro, no dia 27, a polícia conseguiu encontrar o traficante Ronilson Oliveira de Jesus, o 'Rafael', 29. Mandante do massacre de presos e familiares no Presídio de Feira de Santana, em 2015, ele resistiu à abordagem e morreu em confronto.

“Parabenizo os nossos policiais pelo excelente trabalho que vem sendo desempenhado diuturnamente contra a violência na Bahia. A guarda estará sempre alta e as ações promovidas dentro da legalidade”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário