17 de nov de 2014

Serrinhense Virna Jandiroba conquista cinturão do MMA Super Heroes 7

Redação Portal Cleriston Silva PCS



Quem pensa que o MMA é coisa apenas para os homens se engana, pois a categoria feminina se consolida com grandes eventos. Neste sábado (15) a lutadora serrinhense Virna Jandiroba, conquistou um grande feito na sua carreira. Disputando o cinturão do peso palha no evento nacional MMA Super Heroes, no main event da noite, Virna Jandiroba faz o dever de casa e finalizou Camila "Pitbull" com um belíssimo mata-leão no segundo round para sagrar-se campeã.

Desde o início do combate, Virna impôs o seu ponto forte que é a luta de solo e procurou a queda derrubando sua adversária.

A lutadora baiana encarou uma grande adversaria que tem como principal característica a luta em pé com aplicação dos golpes de Muay Thai. Já Virna Jandiroba com um Jiu-Jitsu bem aplicado levou a luta para o chão, local que ela se sentiu bem mais confortável. Com várias quedas bem aplicadas a lutadora baiana dominou sua oponente logo no começo do primeiro round.



Bastante concentrada na luta e disposta a trazer o cinturão do peso palha para a Bahia, Virna atentava a tudo que o seu professor Renato Velame transmitia no octógono. E foi nessa parceria que no segundo round Virna Jandiroba definiu a luta. Com mais uma queda sensacional, a baiana conseguiu uma montada perfeita e foi castigando a paulista Camila “Pitbull”, até conseguir encaixar um mata-leão finalizando assim a luta.

Muito emocionada Virna agradeceu a todos os componentes da sua equipe a Velame Fight House Team, aos seus patrocinadores (Prefeitura de Araci, Edylene Ferreira, Vardinho Serra, Chicabana, Academia Fight House, Academia Corpo e Mente, Só Balanças, Sorveteria Beijo Frio) e ao povo baiano pela corrente positiva nesse grande duelo.

“Estou muito feliz de ter feito uma grande luta. Estabelecemos juntamente a estratégia que já havíamos planejado que era fazer o que eu sei de melhor durante esses nove anos de luta que é o meu Jiu-Jitsu. Eu sabia que não seria uma luta fácil, pois a Camila é uma atleta completa além de ser mais experiente. Porém essa minha confiança partiu primeiro dos meus professores e da minha equipe e nasceu em mim felizmente. Agora aumenta ainda mais a minha responsabilidade. Esse evento é um marco para a minha carreira com certeza um evento de grande porte e com cinturão é ainda melhor”, concluiu.

Confira a finalização:

Nenhum comentário:

Postar um comentário