18 de nov de 2014

Após estiagem, chuva em Queimadas eleva barragem e faz rio transbordar

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Com a chuva, o Rio Itapicuru transbordou
Após conviver com a estiagem, a população do município de Queimadas, situado a 140 km de Serrinha, enfrenta a forte chuva que cai na região. Por conta do tempo, o Rio de Itapicuru, que corta a região, transbordou e alguns produtores rurais tiveram que retirar o gado das fazendas.

Em 2012, Queimadas estava entre as 158 cidades em situação de emergência por conta da estiagem. Com as chuvas dos últimos dias, a barragem do Itapicuru, que abastece a cidade, alcançou o nível mais elevado dos últimos dez anos.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para esta quarta-feira (19) em Queimadas é de sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. A temperatura mínima pode chegar a 22º C e a máxima a 29º C.

A frente fria que chegou ao estado no fim de semana passado deve se estender pelos próximos dias. Até sexta-feira, 21, o tempo continua fechado, com possibilidade de chuvas e forte vento, segundo os meteorologistas.

Cláudia Valéria Silva, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), explica que a mudança de tempo ocorreu devido a uma massa de ar frio proveniente do sul do país. "Em Serrinha, não está chovendo muito. Até sexta-feira, os dias devem seguir instáveis, com nuvens carregadas", reforça a meteorologista.

Alguns produtores rurais retiraram o gado das fazendas
A temperatura em Serrinha varia entre 20 e 33 graus centígrados.

As regiões sul, oeste e sudoeste da Bahia também têm sido atingidas pelo mau tempo. Cláudia Valéria Silva diz que frentes frias como essa são comuns nesta época do ano, principalmente no interior.

O município de Bom Jesus da Lapa, a 675 km de Serrinha, decretou estado de emergência. Durante seis horas, choveu na região cerca de 180 milímetros, o equivalente ao registrado em um mês. De acordo com o balanço feito pela prefeitura do município, 680 famílias estão desabrigadas e seis bairros ficaram alagados em Bom Jesus.

Em Brumado, a 542 km de Serrinha, dez ovelhas morreram atingidas no domingo, por um raio. Por conta da chuva, o nível do rio de Contas subiu e transbordou na Barragem de Cristalândia.

Em Juazeiro, a 227 km de Serrinha, as chuvas de domingo também prejudicaram as obras de requalificação da área comercial da cidade. O serviço de drenagem, em andamento no local, ficou atrasado devido à quantidade de água que arrastou pedaços do asfalto e parte dos materiais de construção.

Até no município sertanejo de Euclides da Cunha, 161 km de Serrinha, a forte chuva fez o açude Nova América se romper, resultando no alagamento das ruas e amedrontando os moradores.

Em Euclides da Cunha, a água invadiu as ruas

Em Euclides da Cunha, a água invadiu as ruas

Nenhum comentário:

Postar um comentário