13 de nov de 2014

Presa quadrilha que explodiu agências bancárias de Sátiro Dias e Serra Preta

Redação Portal Cleriston Silva PCS 

Em uma ação da Polícia Federal, realizada na madrugada desta quinta-feira (13), às 4h, foram presos em flagrante, em um sítio localizado no povoado de Cajuzeiro, que faz parte do município de Rafael Jambeiro (a 140 km de Serrinha), seis integrantes de uma quadrilha especializada em estourar cofres de agências bancárias.

Foram apreendidos também explosivos - entre espoletas e cordel - e armamentos pesados, como metralhadoras, fuzis e pistolas, além de capuzes e coletes balísticos, que se encontravam em poder dos criminosos.

A ação, que contou com apoio na abordagem do COE/PM e do GARCIF/Feira de Santana - grupo ligado à Polícia Civil-, é resultado de um esforço de investigação da Polícia Federal que durava aproximadamente um mês e faz parte dos trabalhos no combate a quadrilhas de assalto a bancos.

Há suspeitas de que a quadrilha agia com violência em diversos municípios da Bahia e teria empreendido ações semelhantes, com arrombamento de cofres bancários, por meio de explosivos, em cidades como Sátiro Dias, Macajuba, Serra Preta e Milagres.

Dos criminosos presos, três já possuíam mandados de prisão por outros assaltos realizados. Todos eles infringiram o artigo 16 – caput -, e parágrafo único - inciso III - da lei 10.826/2003, que trata do porte ilegal de armas, como também o artigo 288 - parágrafo único do CP -, por formação de quadrilha.

Eles serão encaminhados ao Presídio de Feira de Santana, onde ficarão à disposição da justiça.

Com a quadrilha, a polícia apreendeu armamentos pesados, como metralhadoras, fuzis e pistolas

Capuzes e coletes balísticos foram apreendidos

O flagrante ocorreu em um sítio localizado no povoado de Cajuzeiro, no município de Rafael Jambeiro

Polícia disse que quadrilha agia com violência e atuavam em diversos municípios da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário