22 de fev de 2018

Garota achada em saco morreu após ser esganada

Redação Portal Cleriston Silva PCS

A autopsia realizada no corpo da adolescente Bruna Santana Mendes, de 16 anos, que foi encontrada enrolada em um saco plástico, com sinais de estupro, na cidade de Feira de Santana, apontou que a vítima morreu após ser esganada.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (22), pelo delegado Roberto Leal, coordenador da Polícia Civil no município. A suspeita de estupro ainda é investigada. O resultado do exame que pode comprovar o abuso não saiu até esta quinta.

A adolescente desapareceu no domingo (18), enquanto voltava para a casa onde estava hospedada, em Feira de Santana, após um encontro em um shopping da cidade. Ela foi encontrada morta na quarta-feira (21), em uma localidade conhecida como Anel de Contorno, que fica nas proximidades da casa para onde ela iria.

Com o corpo em estado avançado de decomposição, Bruna vestia apenas uma calcinha e tênis - o que leva os investigadores a suspeitarem do abuso sexual. O corpo da adolescente foi encontrado depois que populares relataram forte odor. Moradores disseram ter visto o saco na área desde segunda-feira pela manhã, segundo a polícia.

A garota foi enterrada na manhã desta quinta-feira, na cidade de Serra Preta, a cerca de 104 km de Serrinha, onde morava. A cerimônia foi realizada no cemitério do distrito de Ponta de Serra Preta. Dezenas de familiares e amigos da adolescente compareceram ao enterro.

O enterro de Bruna foi realizado na manhã desta quinta-feira (22), na cidade de Serra Preta

Nenhum comentário:

Postar um comentário