10 de jul de 2017

Alex da Piatã quer merenda escolar especial para portadores de Diabetes Mellitus nas escolas públicas estaduais

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Preocupado com a alimentação específica que portadores de Diabetes Mellitus devem ter, o deputado Alex da Piatã, presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa da Bahia, através do projeto de lei 21.694/2015, quer garantir uma merenda escola especial, na rede pública de ensino, para estudantes que comprovem ser portadores da doença.

O texto do projeto defende que o cardápio seja preparado conforme orientações médicas e nutricionais.

De acordo com o deputado, o diabetes mellitus é um dos maiores problemas de saúde d o mundo. Atualmente, mais de 250 milhões de pessoas convivem com a doença, mas espera-se que este número chegue a 380 milhões, em 2025. O Brasil ocupa a 4ª posição entre os países com maior prevalência de diabetes: são 13,7 milhões de pessoas, e muitas ainda nem foram diagnosticadas.

A matéria, inclusive, é amparada pela Lei Federal nº 12.982, de 28 de maio de 2014, que determina que "para os alunos que necessitem de atenção nutricional individualizada em virtude de estado ou de condição de saúde específica, será elaborado cardápio especial com base em recomendações médicas e nutricionais, avaliação nutricional e demandas nutricionais diferenciadas”.

“Entendendo que os portadores de diabetes mellitus se enquadram entre os destinatários daquela Lei, apresentamos a presente proposição”, defendeu o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário