1 de jul de 2017

Alagoinhas: Suspeito de matar enfermeira muda depoimento e diz que foi contratado para cometer crime

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Rosângela Gomes Costa
Um dos suspeitos de matar a enfermeira Rosângela Gomes Costa, de 35 anos, em Alagoinhas, cerca de 119 quilômetros de distância de Serrinha, mudou a versão do depoimento.

Inicialmente, Edvan Alves dos Santos, de 28 anos, havia afirmado que matou a vítima para roubar os pertences dela. Agora, ele disse que foi contratado para cometer o crime.

Segundo a polícia, o nome do mandante não foi revelado. O crime deixou de ser tratado como latrocínio, que é o roubo seguido de morte, para feminicídio, termo que define o homicídio cuja vítima é uma mulher.

A prisão temporária dos dois suspeitos foi convertida em prisão preventiva pela polícia de Alagoinhas. A enfermeira foi encontrada morta dentro da casa onde morava em Alagoinhas, no dia 21 de abril.

Nenhum comentário:

Postar um comentário