22 de dez. de 2010

Líderes de facções criminosas são transferidos para o presídio de Serrinha

Cinco presos do Conjunto Penal de Jequié, considerados líderes de facções criminosas, foram transferidos para o Presídio de Segurança Máxima da cidade de Serrinha (PSMA), após uma operação batizada de “Baculejo” realizada pela Polícia Militar naquela unidade.

Foram apreendidas drogas, armas, celulares e aparelhos eletrônicos segundo relatório divulgado nesta terça-feira (21) pelo 19º Batalhão de Polícia Militar (Jequié). A operação cumpria mandados de prisão, busca e apreensão depois que um agente penitenciário foi assassinado e outros dois agentes presos acusados de facilitar entrada de drogas e armas na cadeia.

Em toda a cadeia foram apreendidos 55 chunchos (facas artesanais), 288 ventiladores, 141 aparelhos de TV, 100 aparelhos de DVD, 67 rádios, 53 carregadores de celular, 32 "petecas" de cocaína, 150 gramas de cocaína, 4 "papelotes" de maconha, 20 litros de cachaça de fabricação artesanal, 17 fogões elétricos, 11 churrasqueiras elétricas, 9 chips para celular e 1 liquidificador, além de várias mídias de CD e DVD e várias panelas de alumínio.

Os detentos transferidos para Serrinha são suspeitos de serem os mandantes do assassinato do agente penitenciário Luciano Cerqueira, no último dia 16/12.

Um comentário: