5 de abr de 2019

Serrinha: Prefeito Adriano Lima luta por policlínica regional no município

Redação Portal Cleriston Silva PCS

No próximo dia 12 desse mês de abril, acontece uma eleição importante, fora do calendário eleitoral nacional. É que nessa data será escolhido o município sede da policlínica regional do território do Sisal. Serrinha, por vários motivos, é uma forte candidata. O prefeito Adriano Lima já fez esse pleito junto ao governo do estado na quarta-feira (3), em reunião realizada no auditório da UPB, em Salvador, contando com a presença de prefeitos da região e deputados.

Durante a reunião na UPB foram debatidas questões importantes para a escolha do município que sediará a policlínica, na votação no dia 12 de abril. O presidente do Consisal, André Andrade, explicou a importância da policlínica regional no território. “Nos reunimos com os prefeitos, deputados e representantes do governo do Estado para viabilizar o andamento da implantação da Policlínica, que vai ser um avanço na qualidade da saúde na região”, pontuou.

O prefeito Adriano Lima marcou presença, juntamente com o deputado Luciano Simões. Para ele, Serrinha reúne todas as condições de sediar a policlínica. “Temos mostrado os avanços conquistados em Serrinha na área de saúde e acredito que temos plenas condições de sediar esse importante equipamento”, destacou o prefeito Adriano.

Do ponto de vista técnico, Serrinha realmente reúne as condições para sediar a policlínica. É polo da microrregião e tem a maior população, com mais de 80 mil habitantes. Dentro da região sisaleira Serrinha tem a menor distância entre ela e as demais cidades, em comparação às outras duas concorrentes – Santa Luz e Euclides da Cunha.

O prefeito Adriano também destaca que Serrinha possui mais leitos à disposição na área de saúde. “Temos a clínica de nefrologia, uma unidade de alta complexidade, além dos serviços de tomografia e ressonância magnética”, acentuou Adriano Lima. (Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Serrinha)

5 comentários:

  1. Já passou da hora de Serrinha. Ter não somente ter uma policlinica e um hospital de alta complexidade e o Samu. Vergonha a saúde da cidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais correto seria devolver o hospital municipal para o estado.
      Pois o município nao mantém o hospital daquele tamanho em pleno funcionamento com toda a sua capacidade.

      Excluir
  2. As oligarquias políticas do municipio, diga-se de passagem, todos médicos, inclusive, o prefeito atual,prestam péssimo serviço de saúde, um sistema de regulação cruel e criminoso, onde pessoas morrem em a espera de um atendimento ineficaz, e a antiga desculpa " TODO LUGAR ESTA ASSIM".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não culpe somente o atual prefeito pois a fila da regulação não é culpa dele e sim do governo estadual

      Excluir
  3. A verdade é que Serrinha está abandonada em todos os centidos.

    ResponderExcluir