23 de out de 2012

Juiz de Monte Santo determina fechamento dos cartórios de registro civil e da vara criminal

Redação Portal Clériston Silva PCS

O juiz de Monte Santo, Luis Roberto Capio, mandou fechar os cartórios de registro civil e da vara criminal por receio de que provas desapareçam ou sejam adulteradas. Pelo menos mais quatro crianças do município do nordeste baiano podem ter sido levadas com documentos falsos por uma quadrilha de tráfico infantil que atua há cinco anos na região.

De acordo com as investigações, as falsificações podem ter sido feitas no fórum da comarca local, onde um casal teve os cinco filhos tirados à força de casa e entregues para famílias em São Paulo. O magistrado não descarta uma infiltração do bando no serviço público.

Mães de famílias pobres, com pouca instrução, baixa ou nenhuma escolaridade, solteiras de preferência, seriam os alvos dos criminosos. Uma das vítimas mora em uma casa na zona rural de Monte Santo. Mulheres da cidade dizem ter sido enganadas por agenciadores e nunca mais terem visto seus filhos.

Duas pessoas apontadas pelas vítimas como intermediadoras negam participação no esquema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário