13 de out de 2010

Polícia Civil faz a maior apreensão de cocaína dos últimos anos em Coité

A Polícia Civil prendeu uma mulher de 41 anos, com 1,117 quilos de cocaína e 74 gramas de crack escondidos dentro da casa onde mora, localizada nos fundos do banco Bradesco, centro de Conceição do Coité a 39 km de Serrinha, na região do sisal. A apreensão aconteceu no sábado (9), mas a PC só divulgou a informação nesta quarta-feira (13).

A droga foi encontrada dentro de sacos plásticos em diferentes pontos da residência. As investigações preliminares apontam que a manicure Juciara Queiroz, conhecida como “Juci”, era orientada pelo marido, Dejair Góes da Silva, que está foragido.

Os agentes chegaram à casa da suspeita por meio de denúncias anônimas e uma investigação que durou cerca de três semanas. No local os policiais encontraram uma balança de precisão, R$ 444,00 em notas de cinco, dez e vinte reais, além de dois comprovantes de deposito no valor de R$ 1.000 e outro de R$ 600,00.

Ao ser interrogada pelo delegado Gustavo Ameno Coutinho, a acusada negou envolvimento com o tráfico e disse que não sabe como a droga foi parar em sua casa. “Nós só estávamos esperando o tempo certo para entrar no imóvel, pegar a droga e os responsáveis pela venda. Outros pontos estão sendo investigados e o nosso objetivo é prender outros traficantes”, declarou Coutinho.

Esta é a maior apreensão de cocaína dos últimos anos em Coité.

Veja outras imagens

A polícia encontrou uma balança de precisão Todo o material estava escondido na casa da manicure Juciara QueirozForam apreendidos 1,117 quilos de cocaína e 74 gramas de crack

Foto: Val César

Nenhum comentário:

Postar um comentário