13 de set de 2018

'Estou assumindo, mas me arrependo', diz acusado de estuprar irmã de 11 anos em Serrinha

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O jovem suspeito de ter estuprado a própria irmã de 11 anos na zona rural de Serrinha na noite desta terça-feira (11) disse durante entrevista ao Portal Cleriston Silva – PCS – que está arrependido do crime [VEJA VÍDEO ABAIXO]. Ele foi levado para a delegacia, onde prestou depoimento e confessou o crime.

"Eu só quero pedir mesmo desculpa e perdão a minha família pelo que eu fiz. Estou assumindo, mas estou arrependido", disse Bruno. No entanto, para o delegado Hidelbrando Alves, responsável pelas investigações, o pedido de desculpa do acusado é 'da boca para fora'. "Ele falou que está arrependido. Agora, pela experiência que a gente tem, o semblante dele não demonstra arrependimento não", comentou.

Bruno Cordeiro Reis, de 20 anos, confessou ter cometido o crime dentro da casa onde a irmã mora com a mãe, no povoado de Saquinho. Ele é irmão da garota apenas por parte de mãe e aproveitou da ausência da genitora para estuprar a vítima. “Ela só pedia para eu parar”, disse o acusado.

O estupro teria sido presenciado pelo irmão mais novo da vítima. Segundo relatos colhidos pela Polícia Civil, o garoto, que tem 4 anos, teria atacando o acusado com um pedaço de madeira para fazê-lo parar. “A menina [vítima] até disse que o menino teria batido com um pau na cabeça dele, foi o que teria afastado ele e dado tempo de ela correr”, explicou o delegado.

Após o crime, Bruno fugiu e foi localizado por policiais civis e militares na madrugada desta quarta-feira (12) no bairro Vila de Fátima, onde reside. “Fizemos o cerco e ele foi localizado tentando fugir pelo teto de um prédio vizinho, mas felizmente acabou sendo preso pelas equipes”, informou o delegado.

O acusado foi indiciado por estupro de vulnerável e, se condenado, pode pegar até 15 anos de prisão. Ele segue preso preventivamente na carceragem da Polícia Civil, à disposição da Justiça.

13 comentários:

  1. Coloca esse estrupador na cadeia e avisa os detentos o que ele fez.

    ResponderExcluir
  2. Tem que arrancar a cabeça na cela

    ResponderExcluir
  3. Tem que arrancar a cabeça na cela

    ResponderExcluir
  4. Vagabundo
    Ele é um monstro

    ResponderExcluir
  5. Esses repórter não sabe nem entrevistar ruim demais

    ResponderExcluir
  6. Esse vagabundo tem mais e que morre.

    ResponderExcluir
  7. Muito fraco os repórter!Kkk

    ResponderExcluir
  8. Da so umafacadaa nu pescoço. Kkk

    ResponderExcluir