27 de set de 2018

Presidente da Câmara de Irará acusa colega de gastar mais de R$ 10 mil em 8 dias

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O presidente da Câmara de Vereadores de Irará, no Portal do Sertão, Antonio César Melo acusou o colega Genival Cerqueira de Pinho de ter gastado mais de R$ 10 mil da Casa nos oito dias que comandou a Câmara. Antônio César Melo foi afastado da presidência da Câmara após denúncia de irregularidades na contratação de pessoal e realização de concurso público.

César do Manã, como Antônio César Melo é conhecido, retornou ao posto após liminar concedida pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Na sessão desta quarta-feira (26), todos os colegas de César do Manã esvaziaram a sessão em protesto pela volta dele ao posto de presidente da Casa.

Segundo César do Manã, Genival de Pinho autorizou R$ 5 mil, dos R$ 10 mil gastos no período citado, para pagar um escritório de advocacia. A empresa seria responsável pela ação que o afastou do cargo e suspendeu o concurso para contratação de servidores. “É o sonho de qualquer profissional trabalhar por oito dias e receber R$ 5 mil. E é muito estranho que logo esse escritório tenha sido contratado e pago com o dinheiro da Câmara”, afirmou o presidente.

César do Manã ainda declarou que Genival gastou outros R$ 4,5 mil para a contratação de uma assessoria contábil, que fica em outro município. O interino, ainda segundo Melo, em oito dias de mandato, se presenteou com duas diárias da Casa, no valor de R$ 309, cada. César disse também que vai levar o caso ao Ministério Público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário