25/02/2012

Adolescente de 16 anos morre atropelada na BR 116, em Teofilândia

Redação Portal Clériston Silva PCS

A estudante Bianca de Jesus Santos, 16 anos, morreu atropelada na tarde deste sábado (25), por volta das 14h, na BR 116, região da fazenda Rocinha, perto da entrada da cidade de Teofilândia, a 18 quilômetros de Serrinha.

Segundo informações de motoristas que passavam pelo local, a vítima caminhava em companhia de uma amiga quando tentou cruzar a pista correndo na frente dos veículos e foi colhida pelo Renault Sandero, placa NYY-5610, licença de Teofilândia, que trafegava no sentido Serrinha - Teofilândia. Com o impacto, testemunhas disseram que a agarota foi arremessada e morreu no local do acidente.

Depois do atropelo, o motorista do Sandero identificado como Erisbeto Pereira dos Santos, 40 anos, perdeu o controle da direção, rodou na pista e se chocou violentamente contra a carreta bi trem, placa MOR-5901, conduzida por Eliomar Fernandes de Araújo, 28 anos.

O motorista da carreta confirmou a informação das testemunhas e disse que a amiga da vítima ainda tentou segura-la pelo braço para impedi-la de atravessar a rodovia. “Foi tudo muito rápido cara. Eu só vi a menina levantar uns quatro metros do chão e o carro desgovernado vindo pra cima de mim”, lembrou Eliomar.

O motorista da carreta não ficou ferido. Já o motorista do veículo atropelador teve escoriações leves e deverá ser ouvido na delegacia de Serrinha. Bianca de Jesus Santos morava na fazenda Quilombo e completaria 17 anos na segunda-feira (27).

Veja outras imagens

Peças de objetos e sandálias da vítima ficaram na pistaA estudante tentou atravessar a rodovia e foi colhida pelo automóvel
Depois de atropelar a adolescente o carro rodou na pista e se chocou com uma carreta

Colaboração: Jeferson Soares e Araketu

Um comentário:

  1. se faz necessário a colocação de lombada e de fiscalização eletrônica nesse local, sempre tem acidente com morte, além de que os alunos da rocinha andam pelo acostamento, quando veem e quando retornam das escolas, muito perigoso..

    ResponderExcluir