10 de dez de 2018

Sem ‘suportar’ apetite sexual do marido, mulher mata companheiro com overdose de calmante

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Uma mulher de 62 anos matou – aparentemente, de forma acidental – o marido, de 73, com uma overdose de calmante a fim de esfriar a libido dele. Identificada apenas como Silvia M., a mulher não suportava o constante apetite sexual do marido. Assim, ela decidiu dar a ele comprimidos para dormir, de acordo com reportagem do jornal britânico “Mirror”.

O caso aconteceu em Salzburgo (Áustria). Silvia M., originária de Berlim (Alemanha), disse à polícia ter dado entre dois e quatro comprimidos ao companheiro. O consumo de álcool e o uso de Viagra pela vítima potencializaram o efeito do calmante. Silvia M. afirmou que não tinha a intenção de matar o marido. Ela queria apenas “deixá-lo quieto”.

Na manhã seguinte, a alemã encontrou o marido morto na cama do casal. Em vez de procurar a polícia, Silvia M. deixou o cadáver na garagem da residência. Três semanas depois, o caso foi descoberto após denúncia de vizinhos. O corpo estava em avançado estado de decomposição. O caso está sendo julgado em tribunal de Salzburgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário