12 de dez de 2018

Araci: Suspeito de participar de 'guerra' entre traficantes é preso

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Felipe é suspeito de participar de grupo que promove 'guerra'
Equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Nordeste) e Rondesp Leste prenderam nesta terça-feira (11) um homem suspeito de integrar uma facção criminosa que tenta controlar pontos de tráfico de drogas nas cidades de Araci e Tucano.

Segundo informações obtidas pela reportagem do Portal Cleriston Silva – PCS, Luis Felipe Nunes Pimentel, de 18 anos, teria participado de um ataque que deixou uma casa incendiada na noite do dia 28 de novembro deste ano no povoado de João Vieira, em Araci. Luiz Felipe foi localizado na cidade de Feira de Santana após denúncia anônima.

Ataque de criminosos na zona rural de Araci - Um grupo de criminosos realizou um ataque à rivais para tentar tomar o controle do tráfico de drogas no João Vieira, na zona rural de Araci, a 35 quilômetros de Serrinha. A ação criminosa foi filmada. Outros suspeitos já estão presos.

Grupo armado fez disparos, pichou a fachada de uma casa e incendiou o imóvel


Nos vídeos, recebidos pelo PCS, homens fortemente armados realizam vários disparos de armas de fogo e proferem ameaças e xingamentos para intimidar os inimigos e avançar no território. Em meio aos disparos, o grupo picha a fachada de uma casa com ameaças e inscrições de uma facção e incendeia o imóvel.

Uma fonte do PCS contou que um dos alvos dos criminosos não estava no local e por isso eles incendiaram a residência, que ficou totalmente destruída com as chamas. Ninguém ficou ferido.

Polícia localizou acampamento usado por criminosos - Após o ataque, policiais da CIPE Nordeste destruíram um acampamento, que segundo a corporação, era usado por criminosos para se esconderem. A ação foi no dia 29 de novembro, na região da localidade conhecida como Sem Freio.

Durante a ação, a polícia encontrou quatro armas de fabricação artesanal, drogas, material para embalagem, munições e três motos usadas pelos suspeitos. Um homem identificado como Marcelo Matos de Jesus conseguiu fugir do cerco policial.

Após ataque, policiais da CIPE Nordeste localizaram um acampamento de criminosos

Nenhum comentário:

Postar um comentário