3 de abr de 2010

Araci: preso guarda municipal acusado de pistolagem

Policiais civis prenderam na manhã de terça-feira (30), em Araci, distante 40 km de Serrinha, um agente da guarda municipal daquela cidade. Funcionário da prefeitura municipal de Araci há 19 anos, Manoel Rodrigues Dantas, 53 anos, conhecido como “Manoel guarda”, é acusado de crime de pistolagem e roubo de caprinos e ovinos.

Durante a operacão a polícia encontrou na casa do acusado um fuzil calibre 44, uma espingarda de cartucho calibre 28, uma espingarda calibre 28, fabricação caseira, um revólver calibre 32 e uma pochete com oito munições calibre 44 e calibre 28. “Nós encontramos um verdadeiro arsenal escondido debaixo da cama dele”, disse um agente da polícia civil.

No momento da prisão o acusado estava em companhia de um comparsa, Pedro Santana de Carvalho, “Nino”, 41 anos. Eles estavam armados com dois revólveres, devido ao flagrante, eles também acabaram autuados por porte ilegal de arma.

Na delegacia Manoel confessou os crimes. Um homem conhecido como “Nego de Dão da Rosa”, está sendo procurado pela polícia. Ele é acusado de participação no crime de pistolagem. Nego de Dão da Rosa é apontado como responsável pela morte de Tomaz Silva Santos, assassinado a tiros no dia 30 de março de 2009, na localidade conhecida como Lagoa do Boi, zona rural de Araci. O primo da vítima, Ciridão Goes da Silva, 61 anos, confessou ser o mandante do crime.

Os detalhes das investigações, até o fechamento desta matéria, eram mantidos em sigilo pela polícia. Investigadores, que pediram para não serem identificados, justificaram o mistério devido a necessidade de novas diligências.

Foto: José Dilson

Nenhum comentário:

Postar um comentário