10 de jun de 2010

Vereador Sandro Magalhães indica projeto do conselho municipal de cultura

O vereador Sandro Magalhães (PT) apresentou durante a sessão de quarta-feira (2), na Câmara Municipal de Serrinha, o Projeto de Lei nº. 010/2010 que dispõe sobre a instituição, organização, atribuições e funcionamento do Conselho Municipal da Cultura (CMC).

A proposta do vereador que busca valorizar e fortalecer o movimento cultural em nossa cidade e o trabalho dos artistas serrinhenses foi aprovado pela comissão de justiça e redação (CJR) da câmara em primeira votação.

A segunda discussão e votação do projeto será na sessão da próxima quarta-feira dia 16.06 e a última votação em redação final quinta, dia 17.06, na 24ª sessão ordinária.

Para o mestre Kako, do grupo de capoeira esquiva menino, esse projeto será muito pertinente, pois garantirá espaço e vez aos nossos artistas. "É louvável a iniciativa do vereador em continuar junto do movimento cultural na luta pela valorização dos artistas” disse.

Com o objetivo de apresentar os projetos e indicações, principalmente o conselho e também avaliar as políticas públicas de cultura no governo municipal, o vereador convocou uma reunião com todos os artistas entre eles o diretor da fundação gravatá, Carlos Alberto da Silva, que lamentou a falta de apoio do poder público municipal aos artistas da terra. “Esperamos que o conselho municipal de cultura possa cumprir bem as suas funções, mas é vergonhoso que até hoje não exista a secretaria municipal de cultura. Houve um compromisso político do governo municipal e até agora nada foi feito", finalizou.

Cerca de 60 pessoas representantes de grupos e entidades da arte e cultura participaram da reunião que aconteceu no último dia 03.06, quinta-feira.

Sandro Magalhães afirmou que o conselho assumirá o controle social da cultura em Serrinha e é o passo inicial para as próximas ações do movimento de cultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário