23 de fev de 2010

Coité: transferência de policial causa polêmica

A transferência do PM Rubem Carlos de Oliveira Ramos, que era chefe do pelotão especial da Polícia Militar, em Conceição do Coité , para a Cidade de Serrinha, está causando polêmica. Na manhã desta segunda-feira, um grupo de moradores da cidade, protestou contra a decisão do comando geral da PM. Na sexta-feira (19), eles já haviam criticado a decisão, mobilizando vários políticos da cidade para pedir a Secretária da Segurança Pública que reveja a decisão.

Procurado pela equipe de reportagem da Rádio Continental o Cap PM Joilson Lessa da Costa, comandante da 4ª Cia PM de Coité, disse que a transferência foi um ato administrativo respaldado no estatuto da Polícia Militar, sem parcialidade e devidamente comunicado ao comando do 16º BPM.

“Até que se prove o contrário, Ramos é um excelente policial, mais tudo se trata de um procedimento administrativo que está em andamento e durante esse processo (tempo indeterminado) ele poderá sofrer conseqüências também no âmbito da administração”- declarou Lessa.

Minele Azevedo, moradora na rua Cirilo Ramos, disse que população não aceita os argumentos apresentados para a transferência do policial. “Ele é um ótimo profissional. Essa atitude foi intempestiva e sem motivo, nós queremos uma explicação”, apelou.

A transferência foi anunciada quarta-feira (17/02). Faixas pedindo a permanência do policial foram espalhadas pela cidade. Veja


Nenhum comentário:

Postar um comentário