27 de jan de 2010

Discussão em bordel termina com a morte de um homem em Serrinha

Um homem foi morto com mais de 5 tiros após uma discussão em um bordel, localizado às margens da BR 116/norte, no final da tarde desta terça-feira (26), no bairro da Cidade Nova em Serrinha.

Segundo a polícia, o motorista Adson Carneiro de Santana, 22 anos, que morava na Rua José Pinheiro, município de Araci, bebia na companhia de um amigo conhecido como “Inaldo”, quando começaram a discutir com dois homens desconhecidos, que estavam no interior da casa.

Durante a discussão uma guarnição da Polícia Militar foi acionada. Ao avistar os policiais, os dois homens evadiram-se do local utilizando um veículo, demais dados ignorados. Minutos depois, após a saída dos PMs, os dois homens retornaram em uma motocicleta e dispararam mais de quinze tiros contra a vítima. Adson foi atingido no peito, perna esquerda e direita, ombro direito e na barriga. Ele chegou a ser levado para a emergencia do hospital SEMES, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os criminosos fugiram sem deixar pistas. A polícia investiga a autoria e os motivos do crime.

Veja outras imagens

Adson foi atingido com mais de cinco tirosLocal onde aconteceu o crime estava fechado no final do dia

Foto: Robson Reis
Edição de imagens: Agenor Filho

8 comentários:

  1. É uma pena isso ter acontecidoOO..
    Infelizmente perdemos um grande amigo ..
    Vá em paz rapaz..
    Saudades

    ResponderExcluir
  2. Eu já previa isso,ali funciona como ponto de trafico de drogas..

    ResponderExcluir
  3. Saudades Parceiro!
    Que v vá para um bom lugar!!!

    ResponderExcluir
  4. saudades amigão
    q vá pro bom lugar !!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. È verdade perdemos um grande amigo companheiro de escola trabalhador. Mais infelismente não existe Lei para os homens de farda MARON.

    ResponderExcluir
  6. Mais Uma Vitima Do Grupo De Exterminio

    ResponderExcluir
  7. sera que vai ter justiça ja que sabem quem e o autor do crime

    ResponderExcluir
  8. Um inocente está preso até hj por causa deste crime, deram o que a sociedade pediu, um bode espiatorio, enquanto algum assassino está solto por aí. A justiça é mesmo cega.

    ResponderExcluir