16 de jan. de 2021

Prefeito de Ipirá expõe dívidas e contas zeradas herdadas da gestão anterior

Redação Portal Cleriston Silva PCS

O prefeito do município de Ipirá, Dudy (PSD), expôs, em live, informações de como foi encontrado o município no inicio de sua gestão. Acompanhado dos secretários de finanças Luzivaldo Oliveira e de administração Thiago Oliveira, o gestor falou de estrutura destruída, débitos milionários e caos administrativo.

"Um município com mais dívidas que arrecadações", definiu o prefeito Dudy ao avaliar a atual situação do município, que padece com débitos milionários. A gestão continua os estudos dos débitos que estão em aberto e a expectativa é que sejam detectadas outras dívidas no município.

Quanto aos salários dos servidores, o prefeito afirmou que a gestão anterior teve a possibilidade de quitação dos débitos, mas preferiu priorizar o pagamento aos fornecedores. Dudy ainda informou que pretende regularizar a situação assim que possível, pois toda situação está sendo criteriosamente estudada e avaliada.

Em documento anexado pela Prefeitura, é trazido que o valor pago aos prestadores de serviço em dezembro corresponde a cerca de R$ 3,1 milhões e o valor do pagamento em aberto dos servidores corresponde ao valor em torno de R$ 1,2 milhões, evidenciando que o pagamento dos 626 servidores da educação não foi priorizado.

Durante a live, o gestor externou sua preocupação com as dívidas e afirmou que toda a documentação está sendo colhida e as providencias judiciais serão tomadas contra o ex-gestor do município. Ele ainda informou que as contas da Prefeitura já estão sendo auditadas e a população terá acesso ao resultado da auditoria.

"Estamos tomando as medidas cabíveis, tenham certeza que é na dificuldade que se enxerga oportunidades e daremos a volta por cima, sabemos que não é do dia pra noite, requer tempo e paciência, e eu quero pedir paciência a vocês, tenham paciência com a nossa gestão, porque reverter um jogo desse precisa de muito empenho”, concluiu o prefeito.


Nenhum comentário:

Postar um comentário