.

.

20/08/2009

Empresário de Coité é assasinado em Retirolandia

Por volta das 20hs40m desta quarta-feira (19), Josué Rodrigues da Silva, 28 anos, proprietário da loja Rodrigo Motos, foi assassinado no povoado de Jibóia, município de Retirolândia. O fato ocorreu após uma discussão entre ele e um homem de pré-nome Roberto.




De acordo com informações da polícia, os dois estavam em um bar na localidade e se desentenderam, a causa do atrito seria uma rincha antiga, que surgiu quando Rodrigo passou a ter um relacionamento com a ex-companheira do acusado. Segundo informações de amigos do empresário ele vinha sofrendo ameaça de morte.

No bar eles discutiram e no momento o acusado saiu ameaçando voltar. A vitima continuou no estabelecimento, quando de repente foi surpreendido com um disparo, ele conseguiu fugir, no entanto o assassino continuou atirando, disparou mais dois tiros. Rodrigo foi atingido por um disparo enquanto tentava entrar em uma casa próxima do bar.

Ele foi encaminhado ao Hospital Almir Passos, onde chegou com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A polícia fez ronda na região para prender o acusado, mas não obteve êxito. Segundo informações o acusado fugiu em um veículo ranger de cor branca.

4 comentários:

  1. Proposição: PEC-534/2002 Autor: Senado Federal - ROMEU TUMA - PFL /SP


    Data de Apresentação: 02/05/2002
    Apreciação: Proposição Sujeita à Apreciação do Plenário
    Matérias sujeitas a normas especiais: Especial
    Situação: PLEN: Pronta para Pauta.

    Ementa: Altera o art. 144 da Constituição Federal, para dispor sobre as competências da guarda municipal e criação da guarda nacional.

    Explicação da Ementa: Alterando a Constituição Federal de 1988.

    Indexação: Alteração, Constituição Federal, Segurança Pública, autorização, Municípios, criação, Guarda Municipal, proteção, população, bens, serviços. _Competência, União Federal, criação, organização, Guarda Nacional, proteção, bens, serviço, instalações, Poder Público.

    ResponderExcluir
  2. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a lei que modifica o Estatuto do Desarmamento e permite o uso de armas de fogo por guardas municipais de todas as cidades do país que integram regiões metropolitanas. Nesse caso, independe o número de habitantes do município. Fora das regiões metropolitanas, apenas cidades com mais de 50 mil habitantes poderão ter guardas municipais armadas.
    Em cidades que têm de 50 mil a 500 mil habitantes, o porte de arma para guardas municipais vale apenas em serviço.

    Publicada em: O Globo
    14/5/04

    ResponderExcluir
  3. ola meu caro amigo,adoro seu blog,
    e adoro vc tbm sou sua fã numero um vc e dez nas noticias quentinhas da hora
    bjao
    ass:MARY SUA AMIGA DE ONTEM ,HOJE E AMANHÃ

    ResponderExcluir
  4. Parabéns a você Cleriston silva por esse trabalho brihante em Serrinha e Região!levando a notícia a todos nós!
    Robenildo Brito
    coord. geral do Topa/Barrocas

    ResponderExcluir